segunda-feira, 20 de março de 2017

Post 1 de 5 - Saúde, nosso diamante mais precioso





Olá! Hoje vamos falar sobre saúde, essa palavrinha simples, que tem um significado mais complexo do que se imagina. 

Para a Organização Mundial da Saúde, o conceito de saúde significa um completo bem estar físico, social, emocional e espiritual – esse é o lado complexo. Teoricamente, precisa estar bem em muita coisa para você ser considerado saudável. Na prática, saúde significa sentir-se bem. 

Para mim, no papel de médica, saúde tem um lado mágico! Podemos fazer coisas simples e maravilhosas com boa saúde. Ex: tomar sorvete (quem tem muita dor de garganta, nem sempre consegue); andar de bicicleta com amigos ou família (quem tem dor nas costas, tontura, doenças neurológicas etc, nem sempre consegue); dormir bem (quem tem insônia, ansiedade, depressão, ronco ou apneia, insuficiência cardíaca/respiratória grave, nem sempre consegue), dar risadas num almoço com pessoas queridas (quem tem problemas de audição, de visão ou de digestão, nem sempre consegue). 

Novamente no papel de médica, saúde tem um lado triste... ela pode ser atacada contra a nossa vontade por agressores como vírus, bactérias, fungos, poluição ambiental, mudanças rápidas de temperatura etc. Mas o pior é que muitas vezes ela também é estragada por nós mesmos!!!

Hã, como assim?? Pois é... quantas vezes nós mesmos não “convidamos” agentes agressores para entrarem no nosso corpo por livre e espontânea vontade? Cigarro, bebidas alcoólicas, todos os tipos de drogas naturais ou sintéticas, o excesso de doces, carboidratos simples, frituras, lactose, gluten, corantes, conservantes, etc? 


Quando a saúde é atacada, nosso BEM estar vai embora e dá lugar ao MAL estar, ao desconforto, ao incômodo com sintomas desagradáveis que aparecem na cabeça, no tórax, no abdômen, nas costas, nos braços e pernas ou na mente. Qualquer sintoma em qualquer lugar do corpo pode tirar seu bem estar físico, social, emocional, sexual e espiritual. Ou seja, a saúde, aquele diamante virou bijuteria, pelo menos temporariamente... 

Os médicos e outros profissionais da saúde lidam com esses dois lados: o triste, que é receber o paciente sem saúde, e o mágico, que é querer ajudar a descobrir o que está acontecendo e a recuperar a saúde e ter nosso diamante mais precioso de volta. 

Tem vários caminhos para recuperar a saúde, sabia? Às vezes ele é curto, às vezes é longo; às vezes ele é plano e liso, às vezes íngreme e esburacado; às vezes, só depende do conhecimento médico, mas às vezes - muitas vezes - depende muito mais do paciente ter força de vontade para mudar hábitos que comprometem o corpo. Aposto que você já pensou logo que o caminho mais fácil, plano, liso e que depende só do médico é tomar uma medicação, né? É o que muita gente pensa, mas vamos ver que nem sempre medicação é o “melhor remédio”. 

No próximo vídeo, tem mais bate papo sobre saúde e medicação. Não perca! 

#cuidamosdasaúde #vemcomagente #naoaautomedicacao #usocorretoderemedios #quandousarantibiotico #melhorespraticasparaasaude #duvidaantibiotico #antibiotico #institutoganzsanchez #dratanitganzsanchez

0 comentários:

Postar um comentário